Guia prático para utilizar o serviço de metrô em Londres

Os sistemas de transporte público de Londres estão entre os melhores do mundo. Utilizar o Tube é uma excelente forma de se locomover de forma rápida e eficiente pela cidade, possuindo 11 linhas principais que cobrem todo o território da cidade, passando pelos principais pontos de interesse de Londres, por tais motivos o metrô é o favorito de muitos turistas e moradores locais. Trouxemos hoje um guia de funcionamento básico do metrô de Londres para auxiliar você a usufruir deste serviço.

Horário de funcionamento

Normalmente o horário de funcionamento do metrô é de 5:00 até 0:00, de segunda à sábado e aos domingos o serviço funciona com horário reduzido, de 7:30 às 23:30. A frequência dos trens depende da linha em questão, porém o normal é que se espere entre 2 e 5 minutos por uma viagem.Confira a tabela de horários completa no site do TFL.

Sábados e domingos oferecem horários noturnos para algumas linhas, confira quais clicando aqui. Nos horários em que você não encontra o metrô em funcionamento, é possível utilizar as linhas noturnas de ônibus como transporte alternativo.

Zonas

Existem 11 linhas de metrô em operação em Londres, 9 delas são as chamadas zonas concêntricas ou radiais, as zonas 1 e 2 fazem parte do centro histórico e turístico de Londres, portanto, se você está à passeio, provavelmente estas serão as linhas que irão atender aos seu roteiro.

Confira aqui os mapas completos das linhas de metrô operantes e fique atento às paradas que correspondem ao seu destino.

Tarifas

Comprar bilhetes simples de passagem para o Tube não é o mais aconselhável pois desta forma você paga mais pelas tarifas. As formas mais econômicas de se pagar pelas tarifas do metrô são através do Oyster Card e do Travelcard.

As diferentes modalidades de tarifas são: Passagem unitária (single), ida e volta (return), passe de um dia (One Day Travel card), passe semanal (Weekly Travel card), passe mensal (Monthly Travel card). Os tipos de cartões que você pode utilizar no metrô são: Travelcard (bilhete de papel, mais recomendado para turistas), Oyster Card (cartão de recarda que precisa ser devolvido quando o usuário não desejar mais utilizá-lo) e os cartões dem contato (tarjeta Contactless). Nas estações do metrô é possível encontrar os cartões à venda de acordo com a demanda de viagem que irá lhe atender melhor.

As tarifas podem variar bastante de acordo com o trajeto e a zona do metrô utilizada. Para conferir as tabelas completas de tarifas, clique aqui. Uma viagem única entre a zona 1 é tarifada da seguinte forma:

Zonas 1-3: £4,90

Zonas 1-6: £6

Zonas 1-9: £8,50

Pay As You Go (Oyster): £6,60 diário para zonas 1 e 2 / £7,70 diário para zonas 1 a 3; passe semanal £33 para zonas 1 e 2 e £126,80 para o passe mensal destas mesmas zonas.

Informações Adicionais

  • Além das 11 linhas underground do Tube, existem também as linhas adicionais DLR (Docklands Light Railway) e London Overground.
  • No mapa do metrô, fique atento às estações de parada e estações de baldeação, nas quais você pode trocar de linha.
  • Mantenha sempre seu cartão ou ticket em mãos ou em um local de acesso rápido, pois você precisará dele ao entrar e sair de uma estação.
  • Mind the Gap: fique atento ao alerta sobre o vão existente entre a plataforma e o vagão e evite acidentes.

0 comments on “Guia prático para utilizar o serviço de metrô em LondresAdd yours →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *