7 dicas básicas de economia que fazem a diferença em Londres

Londres é uma cidade fantástica que reserva as melhores experiências para aqueles que por ela passam. Para aqueles que vieram de fora e moram na cidade, aqueles que querem passar uma temporada por lá ou mesmo para quem ainda está só sonhando em por os pés na terra da rainha, seguir algumas dicas de economia no dia-a-dia são essenciais. As dicas de economia em Londres que trouxemos hoje podem ajudar bastante no processo de adaptação na cidade, já que salvar algum dinheiro com certeza vai tornar a sua estadia pela capital inglesa muito mais proveitosa, confira:

1 – Não troque seu dinheiro no aeroporto. A primeira dica já serve logo para sua chegada a cidade, não é uma boa idéia fazer sua ação de câmbio em um lugar como o aeroporto, que é a única opção de muitos que estão fazendo apenas uma conexão pela cidade. Encontre uma agência confiável quando já estiver na cidade e economize muito com uma cotação mais justa.

2 – Escolha Uber ou Mini Cabs. Se você ainda não está habituado ao transporte público da cidade e prefere um pouco mais de comodidade, escolha chamar um Uber ou Minicab ao invés do tradicional Black Cab, já que esse táxi que é a cara da cidade pode te seduzir por um preço que chega a ser o dobro dos transportes tradicionais.

3 – Utilize o Oyster Card. O transporte público em Londres é considerado um dos melhores do mundo e se você já faz uso do mesmo, a melhor forma de economizar é adquirindo um Oyster Card, com o cartão você paga mais barato na passagem de qualquer transporte público e com o valor limite por área, você pode usar o transporte várias vezes ao dia dentro de uma mesma área, economizando bastante. Por exemplo, se 3 viagens em uma área dariam um valor total de £7,20 e o valor limite da área é de £6,50, você poderá utilizar o transporte quantas vezes precisar pagando bem menos.

4 – Prefira cozinhar em casa. Escolhendo uma residência, flat ou hostel no qual você tenha liberdade para cozinhar, pode gerar bastante economia já que fica bem mais barato comprar alimentos nos supermercados e prepará-los em casa. Os preços de uma refeição simples em um restaurante na cidade normalmente variam entre £6 e £10.

5 – Use sua carteira de estudante. Esta dica que já é conhecida dos estudantes brasileiros, também pode gerar muita economia em Londres, faça uma carteira de estudante internacional e ande sempre com ela no bolso, você pode pagar mais barato em muitas opções de lazer como cinemas, teatros, clubes e shows.

6 – Compre em lojas de Outlet e Brechós. Londres é repleta de lojas Outlet e brechós onde você pode salvar um bom dinheiro comprando roupas de grife, móveis, itens de decoração e muito mais por um preço bem abaixo da média. A King Street e Oxford Street são endereços certos para encontrar inúmeras lojas do tipo.

7 – Aproveite as atrações gratuitas. Na cidade o que não faltam são atrações para você curtir um bom passeio sem pagar nada, são inúmeros museus, galerias e parques para se conhecer com entradas gratuitas. Podemos citar entre as muitas atrações gratuitas o Museu Britânico, o Museu de História Natural, a National Gallery, o Kenshington Gardens e o St. James Park.

Gostou das nossas dicas básicas para economizar em Londres? Então não deixe de conferir a nossa cotação do dia e economizar ainda mais realizando os seus envios com a Global Money Trasfer!

0 comments on “7 dicas básicas de economia que fazem a diferença em LondresAdd yours →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *